Cubo mágico

Esse site ensina a montar o cubo mágico de forma fácil de aprender

Como aprender os algoritmos do cubo

CENTRO

Existem 6 peças de centro.
Cada uma delas possui 1 cor e está localizada no centro das faces.

A peça mais importante do cubo é a de centro, pois se girarmos todas as camadas que estão ao seu lado, percebemos que ela não sai do lugar. Isso significa que, a cor da peça de centro é a que define a cor da face. Então, se um centro tem a cor verde, a face terá que ser verde.

Meio

Existem 12 peças de meio.

Cada uma delas possui 2 cores e está localizada entre as peças de centro.

Canto

Existem 8 peças de canto.

Cada uma delas possui 3 cores e está localizada nas pontas.

Em seguida, temos a peça de meio e para entender a sua posição, precisamos olhar novamente para as peças de centro. Por exemplo, se eu tenho um centro que é branco e outro laranja, a peça de meio entre esses dois centros deve ser branca e laranja.

No padrão original de cores, o cubo mágico segue a seguinte sequência:

Branco oposto do Amarelo;

Azul oposto de Verde;

Laranja oposto do Vermelho;

A grande maioria dos cubos tem esse padrão, caso o seu seja diferente não tem problema, você precisa identificar quais são as cores opostas do seu cubo.

No cubo mágico usamos as seguintes notações para representar os movimentos.

R R’ F F’ L L’ B B’ U U’ D D’

link de como aprender esses movimentos

O método mais fácil para tentar resolver o quebra-cabeça é partir do movimento da cruz. Você precisa encaixar em uma das facetas do cubo as peças no formato de cruz, conforme a imagem abaixo. O centro, como você verá, estará em outra cor.

Vire a cruz branca para a face de baixo do cubo, formando uma cruz completamente branca

Não há muito "método" aqui: forme a cruz de maneira meio aleatória mesmo. Não importa o que fizer, você não vai "estragar" a montagem, já que as outras camadas ainda não foram montadas.

Vamos tentar jogar a cruz para baixo. Como os blocos do centro são sempre fixos, a nova cruz terá o centro branco, necessariamente.

Para isso, é preciso que a face dos dois blocos centrais mais superiores da face lateral tenha a mesma cor. Para isso, gire a camada de cima (a da cruz de centro amarela) até que os blocos combinem nas faces laterais. Quando a cor da face de um bloco central combinar com a cor de uma face lateral, essa camada deverá ser virada para baixo, uma a uma. Você irá obter uma cruz branca completa na parte inferior.

Procure as peças brancas na camada superior voltada por lados. Cada uma das peças brancas deve estar no canto, com três adesivos em volta. Gire a face superior do cubo para que a cor ao lado da peça branca voltado para fora coincida diagonalmente com a cor do centro. Depois de emparelhar, vire as peças da mesma cor em uma direção.

A primeira coisa que vamos fazer é procurar na camada de cima uma peça de meio (peça de 2 cores) que não tenha amarelo, sendo que não pode ter amarelo na lateral da peça e nem no topo.

LADO ESQUERDO

após achar a peça que encaixe, faça esse movimento
U’
L’
U
L
U
F
U’
F’

Lado direito

U
R
U’
R’
U’
F’
U
F
Você fará essa sequência até tirar todas as peças que não tem amarelo da camada de cima.

No terceiro passo vamos fazer na camada de cima, a cruz amarela (pois começamos a montar pela cor branca, e o amarelo é a cor oposta). Exemplo da etapa pronta

Nesse caso a formação da cruz se divide em 4 etapas diferentes, sendo a quarta a cruz montada. Vamos seguir uma única sequência para qualquer uma das etapas, a diferença será a orientação de onde se deve aplicar o algoritmo.

Quando você termina o passo 3 pode cair em qualquer uma das etapas abaixo, até mesmo já cair com a cruz pronta (o que é mais difícil, mas pode acontecer).

Lembrando que nessa passo só estamos analisando as peças de meio amarela, se tiver cantos amarelos na camada de cima você deve ignora-los por enquanto.

CASO “PONTO”

Nesse caso temos apenas o centro amarelo no topo.

Pode aplicar a sequência de movimentos em qualquer lado que o resultado será o mesmo.

 

Após fazer a aplicação ele se transformará no CASO “L”

CASO “L”

Nesse caso temos dois meios amarelos no topo, que parece formar a letra L.

 

Aplicar a sequência com o L invertido (uma ponta para a esquerda e outra para trás) como mostrado na figura.

 

Após fazer a aplicação ele te levará ao CASO “LINHA RETA”

CASO “LINHA RETA”

Nesse caso temos novamente dois meios amarelos no topo, mas dessa vez em linha reta.

Aplicar a sequência com a linha na horizontal (uma ponta na esquerda e outra na direita) como mostrado na figura.

Após fazer a aplicação ele te levará ao CASO “CRUZ”

F R U R’ U’ F’

CASO “CRUZ”

Se seu cubo está assim o passo 4 foi concluído, pode seguir para o passo 5.

Quanto tivermos apenas um canto na face de cima deixaremos uma peça de canto no local indicado com amarelo virado para frente.

Aplicamos o Sune:

R
U
R’
U
R

Quanto tivermos apenas um canto amarelo na face de cima deixaremos essa peça no local indicado.

Aplicamos o Sune

R U R’ U R U2 (U+U ou U’+U’) R’

PARABÉNS

Você concluiu mais um passo, verifique se seu cubo está totalmente completo e vamos para a próxima etapa.

Nessa etapa vamos permutar os 4 cantos da última camada. Exemplo da etapa concluída:

Vamos procurar na camada de cima uma face com um par da mesma cor. No nosso exemplo encontramos um par vermelho.

Deixaremos esse par virado para frente e assim aplicaremos a fórmula que vou mostrar abaixo. Não é obrigatório deixar o par junto com a face de mesma cor, como na imagem da direita, mas ajuda a se orientar com mais facilidade.

Você pode ir girando a camada de cima para tentar encontrar o par.

Se você não encontrar nenhuma par de cantos pode aplicar a mesma sequência de movimentos que com certeza o par irá aparecer depois.

R
B’
R
F2 (F+F ou F’+F’)
R'
B
R
F2 (F+F ou F’+F’)
R2 (R+R ou R’+R’)

Nessa etapa vamos permutar os meios restantes da última camada, completando o cubo mágico.

A primeira coisa que faremos nesse passo e encontrar uma face que esteja completa, para podermos aplicar a fórmula. As outras faces vão estar com os meios incorretos.

MOVIMENTO M Vamos descer a camada do meio.

sentido horário

F2 (F+F ou F’+F’) U M’ U2 (U+U ou U’+U’) M U F2 (F+F ou F’+F’)

sentido anti-horario

F2 (F+F ou F’+F’) U M' U2 (U+U ou U’+U’) M U F2 (F+F ou F’+F’)

OH HEY, FOR BEST VIEWING, YOU'LL NEED TO TURN YOUR PHONE