camila flor ūüĆô‚ú®

Escritora, redatora, produtora de conte√ļdo digital. Comunicadora, poetisa, artista das linguagens e suas tecnologias.

Meu trabalho di√°rio √© expressar o que sua marca quer dizer ao mundo de forma criativa e original ūüĎĆūüĎĆ
‚ÄĒ‚ÄĒ
Freelancer MEI. Or√ßamentos em [email protected] ou Whatsapp 21 99912-2689

Passe para o lado para ver minhas redes e portf√≥lio. Vers√£o extendida do meu ‚Äúquem sou eu‚ÄĚ no √ļltimo card. ‚ú®

Mais sobre meu trabalho

Gosto de dizer que sou comunicante. Nasci para a comunica√ß√£o assim como a comunica√ß√£o nasceu para mediar a intera√ß√£o do ser humano. Desde que aprendi a escrever, eu escrevo. Sou escritora de corpo, alma e cora√ß√£o; Redatora Publicit√°ria por profiss√£o. A an√°lise e alimenta√ß√£o de M√≠dias Sociais e a Produ√ß√£o de Conte√ļdo Digital caiu no meu colo como um primeiro desafio profissional, l√° em 2010, quando eu ainda era menor de idade e ningu√©m entendia direito como usar as redes sociais para vender produtos.

Acontece que nessa época, com o surgimento do Twitter, também surgiram as contas de fã-clubes, e uma de minhas amigas decidiu criar um site para uma banda de quem era fã. E me pediu ajuda.

Esse fã-site cresceu, ganhou prêmio do site Vagalume, ganhou oficialização da banda e um contrato de parceria com a gravadora da banda. Aos 17, estava entrando com minha amiga no escritório da Universal Music para uma reunião. E foi quando me chamaram de Social Media pela primeira vez que decidi que seria publicitária.

Entrei na Faculdade Metropolitana de Campinas -- IBMEC DeVry Educacional cursando Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda. Lá, conheci uma blogueira que estava iniciando sua carreira no Youtube, que me mostrou o caminho para o mercado publicitário atual e futuro. Também foi ali que produzi meus primeiros projetos publicitários, e ganhei dois prêmios por projetos de conclusão de semestre. O primeiro, produzido em 2012, sobre como o Instagram estava revolucionando o mercado do turismo no Brasil e no mundo. O segundo, um prêmio textual por uma releitura de um conto de Ray Bradbury.

Nesse mesmo ano, me especializei em Redação Publicitária em um curso extra-curricular de quatro sábados. E quando a gente dedica quatro sábados a língua portuguesa e suas tecnologias, meu bem, a gente se apaixona de vez.

A perda do investimento principal para arcar com os custos da gradua√ß√£o fez essa vontade de fazer parte do mercado publicit√°rio ficar para tr√°s. Mas os "jobs" de Social Media se perpetuaram continuamente, mesmo quando tentei outra profiss√£o. Quis, por um momento, me adentrar mais na Comunica√ß√£o propriamente dita, e para entender diretamente da fonte origin√°ria comecei bacharelado de Ci√™ncias Sociais na Universidade Federal de S√£o Carlos. O que s√≥ me fez dar voltas e voltas em torno da Sociologia e dos estudos de g√™nero. L√°, estourei todas as minhas bolhas e vi de perto in√ļmeros experienciamento de vidas diferentes, o que me engrandeceu muito como escritora e produtora de conte√ļdo.

O Rio me chamava e eu precisei correr atrás dos meus sonhos. Cheguei na Cidade Maravilhosa com meu pequeno currículo de twitteira e duas faculdades trancadas pedindo uma oportunidade para mostrar que nasci para comunicar. E foi aqui que consegui, de verdade, iniciar minha carreira de forma certeira.

Como j√° fazia parte do mercado da m√ļsica, tive a oportunidade de trabalhar de Assessora de Comunica√ß√£o na Ag√™ncia O RAIO. Nela, administrei contas de artistas como Alice Caymmi, Nelson Motta, Patr√≠cia Coelho, As Baianas, Clarice Falc√£o e de produtoras como a Rinoceronte Produ√ß√Ķes. Tamb√©m trabalhava com assist√™ncia de produ√ß√£o em eventos e clipes de Alice Caymmi. Com o WES, CEO da Ag√™ncia, aprendi a entregar resultados e entender m√©tricas, o que era novo para mim.

Em seguida, me joguei sem paraquedas no mercado da moda e fui selecionada para a vaga de Redatora na AHLMA.cc, marca vegana e sustentável do grupo Reserva. Nela, trabalhei diretamente com André Carvalhal, Diretor Criativo e Especialista em Sustentabilidade.

Ali aprendi a exercitar minha criatividade e descobri que sou boa nisso. Entendi que poderia fazer muito mais do que apenas me comunicar com as pessoas -- muito mais.

Na AHLMA, era Redatora em todas as redes sociais, e-commerce e estamparia. Com Marina Matos, minha primeira gestora direta, me aprofundei na cria√ß√£o, com temas e campanhas para conte√ļdo - e a entender linguagem e identidade de marca. Esse √©, no momento, o meu maior prazer. Cria√ß√£o e Branding.

Atualmente trabalho como produtora de conte√ļdo freelancer para a Volcano Creative Studios, com as contas @tangerine.ilustration e @coisasprafazernaquarentena.

Gosto de dizer que meu trabalho di√°rio √© entender e expressar o que sua marca quer dizer ao mundo de forma criativa e original. Quero fazer com que seu p√ļblico pare para ler o que tem a dizer. N√£o s√≥ que comprem um produto, mas sim a verdade por tr√°s dele.

OH HEY, FOR BEST VIEWING, YOU'LL NEED TO TURN YOUR PHONE