Sobre mim ✨

Olá, meu nome é Giovana Genovez, sou Psicóloga e tenho 27 anos.

Sou graduada pelo Centro Universitário Campos de Andrade e pós graduanda em Neurociência e Educação pela CBI OF MIAMI.

Atuo na área clínica prestando atendimentos de forma 100% online a mulheres que buscam por autoconhecimento e empoderamento.

Utilizo como base para os meus atendimentos, a abordagem Cognitivo Comportamental e princípios do Feminismo.

Nas horas vagas crio conteúdos sobre amor próprio, autocuidado e empoderamento feminino para o Instagram, presto consultoria para profissionais da saúde/educação e dou palestras em universidades.

CRP 08/27772

Terapia Online

A Terapia Online veio de forma inovadora, trazendo maior flexibilidade e mais vantagens para quem precisa de atendimento, no que se refere a economia de tempo e dinheiro, uma vez que você paciente, não precisará se deslocar até o meu consultório.

🗣 Gi, me explica melhor como funcionam os atendimentos online?

Claro!

Pra fazer os atendimentos, é preciso que você tenha um dispositivo tecnológico (celular, notebook, tablet ou computador) que permita fazer chamada de vídeo.

Você pode fazer a sessão no conforto da sua casa, no carro e até mesmo em alguma viagem.

A única coisa imprenscindível é que você tenha uma conexão razoável para fazer a chamada e esteja em um ambiente que lhe permita se sentir a vontade para falar.

🗣 Mas e a relação terapeuta-paciente não se torna mais fria com o atendimento online?

Na na ni na não!

Construíremos nosso vínculo da mesma forma que faríamos presencialmente. Eu trabalharei pra te deixar o mais confortável possível, a fim de trazer uma conversa fluída, descontraída e de confiança.

Inclusive, eu e minhas pacientes temos um vínculo fortissimo. Mesmo sem nunca termos nos visto fisicamente.

🗣 E a Terapia Online é permitida-legal?

Sim!

Em novembro de 2018 o CFP (Conselho Federal de Psicologia) regulamentou a Terapia Online como uma modalidade válida para o tratamento.

Resolução n° 11/2018.

Minha abordagem

▫️Terapia Cognitivo Comportamental (TCC):

A Terapia Cognitivo Comportamental é uma abordagem que tem como base evidências cientificas.

Seu objetivo é psicoeducar os pacientes para que consigam identificar, avaliar e responder à situações, através da observação dos próprios pensamentos, emoções e comportamentos. Muitas vezes, disfuncionais e causadores de sofrimento.

Após um tempo em terapia, é esperado que o paciente desenvolva a capacidade para se auto-avaliar e se auto-regular, tendo autonomia para resolver suas próprias questões.

Na Cognitivo Comportamental, paciente e terapeuta tem papel ativo e colaborativo nos atendimentos.

Dessa maneira, a sessão é estruturada e adaptada para te atender da melhor forma possível! 🤍

Terapeuta Feminista, sim!

Feminista, oi?

Sim, feminista!

Para mim, como mulher e profissional da saúde é impossível atuar sem levar em consideração que vivemos em uma sociedade extremamente desigual.

Sendo assim, é preciso levar em conta que o Feminismo é um movimento que luta por equidade de gênero e gera diversas questões de subjetividade quanto ao machismo (estrutura social ou lógica de discurso que controla históricamente o corpo e as atitudes da mulher, trazendo assim, sofrimento e adoecimento psíquico).

Na minha prática clínica, eu me deparo com diversas questões que são reflexo dessa estrutura machista:

▫️ Relacionamentos Abusivos
▫️ Violência de Gênero
▫️ Baixa Autoestima devido a padrões estéticos absurdos
▫️ Autocobrança para cumprir com papeis sociais estabelecidos
▫️ Privação Emocional
▫️ Entre outros

Entender que boa parte do sofrimento de homens e mulheres advém de uma estrutura social machista, é importantíssimo para psicoeducar e tratar minhas pacientes.

🗣 Mas é permitido ser Psicóloga e Feminista?

Não só é permitido como é um dever, uma vez que, dentro do Código de Ética dos Psicólogos existem principios que fundamentam a profissão e que também são principios do Feminismo.

🗣 Como você se posiciona no consultório?

Vamos lá! Ser Psicóloga e Feminista não implica que eu terei um posicionamento militante dentro do consultório.

O Feminismo sustenta minha profissão no sentido de me ajudar a compreender históricamente o lugar da mulher na nossa sociedade, de compreender e nomear conceitos e levar empoderamento para as minhas pacientes.

🗣 Você só atende mulheres?

Não!

Embora meu público seja 90% constituido por pacientes mulheres, homens também podem ser atendidos por mim.

Além do mais, o Feminismo também traz benefícios para a vida dos homens.

Uma vez que o machismo também traz na sua lógica, a ideia de que “homens precisam ser fortes e não podem chorar”.

Ideia essa, que além de trazer privação emocional, torna os cuidados com a saúde mental um verdadeiro tabu. O que é também a principal causadora da depressão e alto índice de suicídio no sexo masculino.

OH HEY, FOR BEST VIEWING, YOU'LL NEED TO TURN YOUR PHONE